pH: Saiba tudo sobre essa medida de referência

jul 1, 2022 | Bomba dosadora, Cloro, Dosador de cloro | 0 Comentários

Por meio do pH é possível identificar se a água analisada está ácida, neutra ou básica, permitindo sua correção.

Mas você sabe o que, de fato, é o pH da água? E como essa medida influencia a qualidade da água? Confira tudo isso neste artigo.

 

O que é o pH?

Parte componente de estudos químicos, o pH significa “Potencial Hidrogeniônico”, ou potencial de concentração de íons de hidrogênio em um elemento, caso da água. 

O pH consiste num índice que classifica a água como ácida, neutra ou básica, de acordo com a quantidade de íons de hidrogênio nela presente.

Dentro dessa classificação de pH, é apresentada uma escala que varia entre 0 e 14, onde abaixo do pH 7 quanto mais próximo de zero, mais ácida será a água e acima do pH 7 quanto mais próxima de 14, mais alcalina ela será. Veja:

  • pH menor do que 7 – água apresenta características ácidas;
  • pH igual a 7 – Características de neutralidade;
  • pH acima de 7 – água apresenta características básicas.

Com base nessa classificação é possível mensurar a acidez de uma solução aquosa, de alimentos e também de partes internas do nosso organismo, como o estômago e o intestino, por exemplo.

Também permite mensurar a acidez de piscinas e estações de tratamento, possibilitando a decisão de qual tratamento qualitativo será necessário.

 

Como medir o pH da água?

O aparelho utilizado para medir o pH é o pHmetro ou peagâmetro. 

Este é um aparelho composto por um eletrodo de pH que ao ser submerso na solução mede a tensão em mV que são convertidos em uma escala já graduada de pH. 

Também podem ser utilizados os chamados indicadores ácido-base (substâncias orgânicas que mudam de cor em contato com substância ácida e básica). Estes são os casos da fenolftaleína, azul de bromotimol e alaranjado de metila.  

Neste caso, há o uso do reagente e um tubo medidor que contém uma escala de cor e números. Basta encher o medidor de pH com a água que se deseja conhecer o pH e pingar o número de gotas de fenol recomendado pelo fabricante. 

Em seguida o tubo é agitado para misturar bem a água com o reagente. Por fim, basta observar a coloração da água e o número correspondente a ela na escala.

 

Medidas para corrigir o pH de acordo com a necessidade

A água é, naturalmente, uma substância neutra, com PH igual ou muito próximo a 7, segundo a escala. 

Mas, fatores como composição do solo, presença de calcário, plantas e matéria orgânica, químicos liberados de forma indiscriminada e precipitação ácida podem afetar essa neutralidade da água.

Assim fica a questão: O que fazer se o pH não está adequado? Ou se a água está muito ácida ou muito alcalina? Nestes casos, realizar a correção do pH será necessária.

Para fazer a correção do pH da água é necessário primeiramente saber qual é o pH, nos métodos apresentados, da água.

Em seguida, é possível adotar duas medidas:

  • Para reduzir o pH: se o nível for elevado é necessário diminuí-lo com o uso de um ácido, como o ácido clorídrico por exemplo para diminuí-lo. 
  • Para aumentar: nesse caso, para elevar o pH que está baixo é essencial o uso de uma base, como o carbonato de sódio.

É recomendável também realizar a análise da água de forma recorrente para garantir sua qualidade constante, de acordo com as necessidades. 

Em piscinas residenciais, por exemplo, o ideal é medi-lo semanalmente. Já em piscinas de uso coletivo, o controle deve ser diário ou conforme a legislação vigente.

 

Uso da tecnologia em prol da qualidade da água

Em estações de tratamento de água, piscinas de clubes ou em outros processos, a dosagem de soluções ácidas ou alcalinas, apesar de ser altamente necessária, demanda muito tempo.

Para otimizar este tempo, é recomendado investir na automação e controle de dosagem de precisão. E estas facilidades são oferecidas pela Bomba Dosadora Eletromagnética EXpH-ORP

Além da versatilidade de aplicação, a bomba EXpH-ORP, possui um instrumento incorporado que viabiliza a detecção automatizada de pH de uma solução. Isso permite que ela faça a dosagem automática de produto químico para a correção necessária trazendo maior agilidade e precisão para o seu processo. 

Este equipamento possui também um controle proporcional que diminui a velocidade da dosagem à medida que a leitura se aproxima dos parâmetros selecionados pelo usuário.

Esse recurso evita a superdosagem de produtos químicos, eliminando correções desnecessárias tornando a dosagem da bomba mais precisa.

Portanto, tenha a tecnologia ao seu lado e realize a medição do pH da água, com a consequente correção, sempre que necessário.

Quer saber mais? Então conheça a linha de produtos da Exatta Bombas e veja qual deles mais se enquadra às suas necessidades. 

Solicite o seu orçamento | Clique aqui

Avalie este conteúdo

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.