Tratamento de água e efluentes em frigoríficos: Por que fazer?

out 27, 2021 | Bomba dosadora | 0 Comentários

Você atua na área de frigoríficos e abatedouros? Então deve saber que esse é um dos setores que mais consomem água, consequentemente há a produção de um grande volume de efluentes com alta carga orgânica. Exatamente por isso o tratamento de água e efluentes se configura como uma obrigação dentro do setor.

Dessa forma, abatedouros e frigoríficos são setores que precisam adotar soluções para que exista o correto tratamento de água e dos efluentes do empreendimento, priorizando a máxima sustentabilidade do sistema.

Diante disso, convidamos você a entender a importância do tratamento de água e efluentes dentro do seu empreendimento frigorífico, assim como as formas de como esse processo é realizado.

 

Água em frigoríficos: variados usos, exigindo tratamentos específicos

Na indústria frigorífica, a água é um elemento que assume grande importância, principalmente devido às altas exigências sanitárias e aos vários usos ao longo da cadeia produtiva. 

Em frigoríficos a água será utilizada para diversos fins, garantindo o bom funcionamento dessa atividade de acordo com a legislação sanitária. Dessa forma, a água é amplamente utilizada em atividades variadas dentro dessa indústria, como:

  • Lavagem dos animais no pré-abate;
  • Lavagem dos caminhões;
  • Lavagem de carcaças, vísceras e intestinos;
  • Movimentação de subprodutos e resíduos;
  • Limpeza e esterilização de facas, serras e equipamentos;
  • Limpeza das dependências, como pisos, paredes, equipamentos e bancadas;
  • Geração de vapor; e
  • Resfriamento de compressores, entre outras necessidades

Mas, em razão desse processo, muitos efluentes são gerados nos processos produtivos. Estes, por sua vez, não apresentam características adequadas para serem descartados sem tratamento, principalmente por apresentarem focos de proliferação de insetos e de agentes patogênicos, além de contaminação de águas superficiais e subterrâneas. 

Dessa forma, é uma exigência que a indústria realize o correto tratamento de água e seus efluentes, como veremos a seguir.

 

Tratamento de água e efluentes em frigoríficos: entendendo o processo

Com o objetivo de reduzir o uso de água doce em frigoríficos, há a necessidade de adoção do tratamento de água para seu posterior reuso. Com essa medida o efluente gerado durante todo o processo de abate, processamento de carne e higienização é tratado para ser reutilizado em outras necessidades.

Sendo assim, o tratamento de água e efluentes líquidos gerados em abatedouro e frigoríficos deve seguir basicamente as seguintes etapas:

  • Tratamento preliminar, onde ocorrerá a separação de sólidos como pêlos, penas, restos de ossos e vísceras. Essa etapa é indicada para homogeneizar o efluente para que não sobrecarregue a estação de tratamento;
  • Tratamento primário com sistema físico-químico de decantação e flotação;
  • Tratamento secundário com sistema biológico anaeróbio, com sistemas de lodos ativados e aeradores;
  • Tratamento terciário ou avançado que depende das características necessárias para aplicação em reuso ou descarte do efluente tratado. Nesses casos mais complexos são empregadas etapas mais específicas, como, por exemplo, os processos avançados de oxidação (PAO), para um polimento final do efluente.

Vale ressaltar que toda essa prática deve ser aplicada ao final do processo produtivo e geração de efluentes da indústria frigorífica, sendo necessário avaliações técnicas referentes à qualidade e à necessidade de tratamento para atender ao uso requerido.

 

Bombas dosadoras: equipamentos imprescindíveis para maior eficiência de tratamento de água e efluentes

Durante o tratamento de água e efluentes em uma indústria frigorífica, diversos equipamentos se fazem necessários. Dentre eles, a bomba dosadora é um dos equipamentos mais importantes.

A bomba dosadora é utilizada nas estações de tratamento de água e efluentes de frigoríficos. Normalmente, ela é instalada nas linhas de produção de estações de tratamento para fazer a dosagem do cloro. Com isso, é possível que seja feito o controle de PH e coagulação dentro da estação de tratamento.

Quando utilizadas na estação de tratamento de água e efluentes de frigoríficos, as bombas dosadoras permitem:

  • Rígido controle de dosagem dos produtos químicos; 
  • Atendimento aos padrões de qualidade exigidos pelos órgãos competentes; além da 
  • Segurança dos operadores que atuam diariamente nas estações de tratamento.

Assim, as bombas dosadoras conseguem realizar com maestria e precisão a dosagem de produtos químicos mais agressivos durante o tratamento, reduzindo riscos de contaminação, sem comprometer a segurança dos operadores.

Neste cenário, as bombas dosadoras da Exatta Bombas apresentam o que há de mais moderno em automação do tratamento de água e efluentes da indústria frigorífica, tudo isso com excelente custo/benefício e qualidade técnica.

 

Para saber mais sobre bombas dosadoras e o uso delas em variados setores, convidamos você a acompanhar o blog da Exatta Bombas.

 

Baixe nosso catálogo e fique por dentro de todos os modelos de bombas dosadoras disponívels que a Exatta Bombas oferece! | Receber Material | Exatta Bombas

Avalie este conteúdo

0 comentários

Enviar um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.